O outro lado de Ilhabela – Travessia Bonete – Castelhanos – Roteiro de 2 e 3 dias

Quem gosta de contato com a natureza com certeza já foi ou tem vontade de ir a Ilhabela. Apesar de a cidade estar cada vez mais sendo alterada para acomodar os milhares de turistas, prejudicando e muito sua espetacular natureza, ainda há opções para aqueles que buscam um contato mais saudável e menos exploratório.

Uma dessas opções é a Trilha das 6 Praias, que se inicia pela praia do Bonete e, após 18 km de trilha, parte à beira a mar e parte em mata fechada, chega-se à praia de Castelhanos.

IMG_4183

Interessou? Então vou te contar um pouquinho mais como foi nossa experiência!

 

Praia do Bonete

Para chegar ao Bonete há duas formas: via mar ou via terra. A segunda opção é por uma trilha com cerca de 12 km de extensão, partindo da Ponta do Sepituba. A trilha dura entre 3 e 4 horas, dependendo de quanto tempo você parar para curtir as Cachoeiras da Laje e do Areado, que estão literalmente no caminho!

Ainda não fiz essa trilha até o fim, somente fui à primeira cachoeira, que tem um poço delicioso para mergulhar. Até a Laje, a trilha dura cerca de 40 min.

Fotos de 2007! Na primeira foto entende-se porque se chama Cachoeira da Laje e na segunda, o poço!

Não há necessidade de guia para fazer essa trilha. Ela é larga e bem demarcada. Não tem como se perder!

A praia do Bonete é considerada uma das dez praias mais bonitas do Brasil,  pelo jornal The Guardian, e lá há uma pequena vila habitada por uma comunidade caiçara que ainda preserva sua cultura tradicional. De frente para o mar aberto, atrai muitos surfistas.

A estrutura é escassa. A internet e o celular não funcionam bem, mas o contato com a natureza quase intacta é maravilhoso.

Se desconecte e curta um pouco a praia, seja ao sol ou embaixo dos inúmeros chapéus de sol. Após seu banho de mar, dê um mergulho nas águas geladas do Poço Fundo e, se tiver tempo e disposição, há outras opções de trilhas para praias ou mirantes próximos.

Se for pelo mar, ida e volta de barco, passar o dia está ótimo. Mas se fizer pelo menos um dos trechos por trilha, considere se hospedar uma noite por lá.

Há alguns quiosques com boas opções de alimentação, com preços justos  considerando a localização.

 

Dia 1

Como fomos com uma agência, nosso dia começou no ponto de encontro em São Sebastião, próximo ao quebra mar, onde pegamos uma voadeira rumo ao Bonete. O percurso dura em torno de 1h e é possível apreciar a linda mata atlântica que emoldura as praias do sul da Ilha.

IMG_20170923_094755528_HDR
Não tava cheia a mochila, mas definitivamente não estava adequada para esta trilha.

Fizemos uma breve parada no Buraco do Cação, um paredão com cerca de 80 metros de altura, constantemente esculpido pelas ondas do mar, formando uma caverna. A cor do mar nesse ponto é surreal e rende belíssimas fotos.

IMG_1096

Chegamos por volta do meio dia. Deixamos nossas coisas na pousada e fomos almoçar um peixinho em um dos quiosques da praia.

Nos hospedamos numa pequena pousada familiar, super simples, mas muito aconchegante. Os quartos têm banheiro privativo, energia elétrica e água quente.

No fim da tarde, fomos fazer a Trilha do Morro da Barra, onde tivemos um piquenique e curtimos um lindo pôr do sol. A trilha é curtinha, cerca de 20 minutos de subida. Não esqueça de levar lanterna!

 

Dia 2

Acordamos bem cedo, tomamos um café da manhã reforçado e iniciamos a trilha rumo à Praia dos Castelhanos.

IMG_4022

O roteiro incluía o Mirante da Praia das Enchovas e uma pequena pausa na praia propriamente dita.

Depois seguimos a trilha até a Praia de Indaiaúba, onde paramos para repor as energias, comer um lanchinho e dar um mergulho no mar de águas verdes cristalinas. Que delícia de praia! Deserta! Uma pena que o dinheiro compra tudo e ali tinha alguns casarões construídos em meio à área de proteção ambiental…

Esses dois trechos duraram cerca de 2 horas de caminhada.

Energia reposta, bora para a pior parte da trilha. Toda em meio à mata, dia quente, úmido, mochila pesada e um trecho de subida bem cansativo. Achei que não ia conseguir, queria desistir, mas também não tinha para onde ir. O jeito foi respirar fundo e não deixar o psicológico me sabotar.

Valeu a pena! Quando chegamos na fotogênica Praia Vermelha, pudemos descansar por uns minutinhos. Faltava pouco. O trecho final é à beira-mar. Que vista, que mar! Penúltima praia do roteiro foi a Mansa, com águas azul turquesa.

Força para a última subida, recompensada com aquela vista maravilhosa da Baía de Castelhanos.

DCIM100MEDIADJI_0534.JPG

Chegamos!!! Após 8 horas de trilha, sobrevivemos! Hora do nosso merecido almoço com comidinha caseira e cerveja gelada!!!

Antes de pegar o jipe para voltar para a balsa, deu para dar um mergulho nas águas cristalinas da praia de Castelhanos e depois tomar uma ducha de água doce!

Cansou? Nossa, demais! Valeu a pena? Mais ainda!

Se você tiver um mínimo de condicionamento físico e muita disposição, pode ter certeza que será uma das trilhas mais bonitas que você fará na sua vida.

IMG_4205

Essa trilha deve ser acompanhada por guia, pois não é demarcada.

Nós realizamos esse passeio com a Ravenala Viagens, agência especializada em turismo ecológico consciente. No pacote estavam incluídos: Guia, hospedagem no Bonete, barco São Sebastião-Bonete, jipe Castelhanos-Balsa de Ilhabela. Almoço e piquenique no primeiro dia. Café da manhã, lanche de trilha e almoço em Castelhanos no segundo dia.

 

Quer fazer esse passeio? Fica a dica!

– Leve pelo menos 2 litros de água por pessoa.

– Leve repelente – os borrachudos do Bonete castigam!

– Use uma boa bota de trilha, calça e blusa de manga comprida de tecido leve e respirável.

– Não esqueça do boné/chapéu, óculos de sol e protetor solar para corpo e lábios.

– Não leve muita coisa na mochila, você irá se arrepender! Somente uma muda de roupa, um pijama, um chinelo, uma toalha em microfibra e itens de higiene em embalagens reduzidas.

– Tenha bateria extra para sua câmera e/ou leve um power bank para carregar seu celular, você irá querer tirar muitas fotos!

Não perturbe o ambiente, somente o aprecie. Leve seu lixo com você até que possa ser descartado em local adequado. Seja um turista consciente e aproveite!

 

Praia dos Castelhanos

A Praia de Castelhanos fica no lado leste de Ilhabela e somente pode ser acessada via mar ou via terra, esta última através de veículos 4×4, motos, bicicleta ou a pé. A trilha tem 15 km de extensão e corta a ilha de oeste a leste pelo Parque Estadual de Ilhabela.

IMG_3018IMG_20181223_101413764

Assim como o Bonete, Castelhanos merece um dia. A praia tem cerca de 1,5 km de extensão e em mar aberto, também amada pelos surfistas.

Seguindo para a ponta direita da praia, você poderá fazer uma curta trilha até o Mirante do Coração, praias Mansa e Vermelha.

Se for para o lado esquerdo, poderá fazer uma curta trilha (cerca de 2 km) até a Cachoeira do Gato, uma das maiores da ilha, com 80 metros de altura. Vá também até o Mirante do Canto do Gato para ter uma vista completa da baía de Castelhanos e, se tiver no pique, até a Praia do Gato.

 

Informações Úteis

– Indo de carro para Castelhanos: O Parque Estadual limita o número de 42 veículos particulares por dia, que devem ser 4×4. Na alta temporada vá cedo, pois esse número é atingido em menos de meia hora.

– Entre 8 e 14h, os veículos só podem ir sentido Castelhanos e entre 15 e 18h, só podem ir sentido Perequê.

– Os veículos devem ser estacionados numa área delimitada para tal e para acessar a praia você fará uma caminhada de cerca de 500 metros.

– Há diversas agências oferecendo passeios de barco para o Bonete e de barco ou jipe para Castelhanos. O preço não varia muito entre elas.

IMG_1102

 

Opções de Roteiro

1 – Praia do Bonete

2 – Trilha Bonete-Castelhanos

3 – Praia dos Castelhanos

Você pode brincar com essas três opções! Pode fazer 1+2 como fiz, ou 1+2+3, ou pode também cortar a trilha entre as duas praias e fazer somente 1 + 3, utilizando as opções de barco e jipe, respectivamente!

 

Blogagem Coletiva

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva com tema sobre “Ecoturismo no Mundo”. Veja o que os outros blogs participantes escreveram:

Blog Vaneza com Z – Os melhores destinos de Ecoturismo na Bahia

Uma Viagem Diferente – Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia.

Let’s Fly Away – Vale da Lua da Chapada dos Veadeiros: cenário de outro mundo!

Viajante Móvel – Turismo ecológico em Brasília e arredores.

Across The Universe – Chapada dos Veadeiros: tudo sobre a Cachoeira Cariocas

Orientando-se pelo Mundo – Parque Nacional do Itatiaia – RJ

15 comentários em “O outro lado de Ilhabela – Travessia Bonete – Castelhanos – Roteiro de 2 e 3 dias

Adicione o seu

  1. Eu preciso conhecer melhor Ilhabela. Fui só passar o dia lá no ano passado. Como caiçara que sou, tenho obrigação de ficar uns dias por lá para me encantar com essas praias lindas que você mostrou aqui. Ficou lindo esse post. beijos

    Curtir

  2. Nossa, preciso urgente programar um viagem para Ilha Bela. Não sabia que tinha tantos lugares lindos. Adoro trilha, Cachoeira e praia. Fiquei encantada com esse lugar .

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: